quarta-feira, 18 de maio de 2016

Tininha e a fada Lile ganha nova edição pela Editora Adonis


Prestes a completar 10 anos de sua publicação, a Editora Adonis presenteia o leitor com uma nova edição de Tininha e a fada Lile. Escrito por Cristina Lazaretti, a 4ª edição do livro ganhou ilustrações de Fabio Eugenio e será comemorado com os participantes do projeto Leitura com Pipoca no dia 22 de maio no quiosque Gostinho de Leitura, instalado no Zoo de Americana, com sorteio de livros e bate-papo com a escritora.
A obra Tininha e a fada Lile conta a história de uma menina, Tininha, que um dia recebe a visita de uma fada muito fraca. A fada Lile é uma fada de histórias. Histórias são alimentos de personagens e personagens só vivem se suas histórias forem lidas, ouvidas e contadas. Lile envolve Tininha, sua família e amigos em um segredo, que deixa todos com muita, muita vontade de ler.
“A história que foi parar no livro Tininha e a fada Lile surgiu em 2004 dessa minha vivência de contação de histórias. Eu contando histórias criei a Tininha para ser criança, assim o que ela dissesse teria muito mais significado para a criança. Logo após surgiu a fada Lile, uma fada que precisa dos outros. Portanto, a fada não poderia ter poderes especiais, ela dependia do outro para continuar viva”, explica a escritora que inventou o nome da personagem Tininha, pega de surpresa durante uma dessas contações de histórias, a saída foi se inspirar em seu próprio nome.
O objetivo da história de Tininha e a fada Lile é despertar nas crianças a importância da leitura para que os personagens que estão dentro do livro não morram. “Na verdade a fada Lile era apenas uma peruca em cima de uma cama lá na Casa do Conto (Casa de contar histórias mantida pela prefeitura municipal de Americana até o ano passado). E por isso eu precisava criar um enredo para ela não acordar. O que foi muito funcional e atendeu um objetivo. Quando as crianças chegavam para visitar elas ficavam encantadas, queriam ver essa fada, conversar, mas ela não acordava porque ela era a fada das histórias. Saindo de lá as crianças iam para casa e para escola liam muito para acordar a fada Lile”, diverte-se Cristina.
Da Casa do Conto para ser eternizada em um livro levou apenas 4 anos. Em 2007 a história contada foi parar nas páginas de um livro, alcançando em 2008 o selo do programa Ler e Escrever da FDE (Fundação para desenvolvimento da Educação) e o livro distribuído por todo Estado de São Paulo.
Desde sua primeira publicação o livro alcançou uma tiragem de 28 mil exemplares e já ganhou ilustrações de Patricia Alexandra Scalon de Almeida e Paulo R. Masserani. A edição de 2016 ganhou cores e desenhos de Fabio Eugenio, que já assina outros livros de Cristina.
Cristina Lazaretti  é formada em Pedagogia, pós graduada em Psicopedagogia, Inclusão Social e Arte Educação e Especializada em alfabetização. Responsável pela formação e desenvolvimento do Projeto Fantoches do Grupo Primavera/Campinas e Pedagoga do Parque Animafest/ Limeira. Além de Tininha e a fada Lile tem publicado pela Editora Adonis os livros Cabeça de Flor (2014), O bicho do livro (2014), A melhor resposta (2014) e a Caixa Especial Hoje tem histórias? Tem sim, senhor! (2015).
Acontece:
Lançamento Tininha e a fada Lile
Dia 22 de maio, às 10h, no quiosque Gostinho de Leitura
Av. Brasil, 2525 – Zoo de Americana

Nenhum comentário:

Postar um comentário