quarta-feira, 10 de agosto de 2016

No mês do folclore, encontro Pé de Letra destaca importância da contação de histórias


Carmelina de Toledo Piza e Vanessa Aranha Morimoto são as convidadas de agosto

Precioso auxílio à prática pedagógica de professores na Educação Infantil, a importância da contação de histórias na sala de aula será tema do encontro Pé de Letra da próxima segunda-feira, dia 15 de agosto, às 20h, no Villa Scamboo em Americana. As contadoras de histórias Carmelina de Toledo Piza e Vanessa Aranha Morimoto dividem com os participantes suas experiências e comentam: contar histórias é técnica ou dom? Como despertar nas crianças em idade escolar o gosto pela leitura por meio da arte de contar histórias?

Durante o bate-papo, além de Carmelina e Vanessa, os participantes também são convidados a dividirem suas opiniões, comentários ou dúvidas, já que a proposta do encontro é democratizar conhecimentos. Criado em março deste ano, o intuito do encontro mensal é discutir temas que envolvem literatura e educação e reunir interessados nesse universo literário em um ambiente descontraído.

A escolha pelo tema do encontro do mês se deu principalmente por agosto ser tradicionalmente conhecido como mês do folclore; mitos e lendas que as pessoas passam de geração para geração;  nada melhor do que trazer para o centro da conversa uma das atividades mais antigas de que se tem noticia, a contação de história; um  momento mágico que desperta a imaginação e as emoções.

O Pé de Letra acontece toda terceira segunda-feira de cada mês numa parceria da Editora Adonis, Villa Scamboo e o curso de Pedagogia do Unisal – Unidade Americana e tem moderação  de Maria Amélia Moscom. O encontro surgiu a partir da coluna homônima, publicada quinzenalmente no site da Editora Adonis, um espaço para que os participantes exponham suas ideias.

Sobre as convidadas:
Carmelina de Toledo Piza é mestre em Educação Comunitária, psicopedagoga e pós-graduada em Arteterapia. Em 1999, abriu o Espaço para Arte de Contar Histórias, em Piracicaba, onde ensina a arte de narrar aos profissionais da educação, da saúde e de outras áreas. Em 2001, formou o grupo Na Cia. da Tia Carmelina. Pela Editora Adonis publicou os livros Caju, uma história de amor (2004) e Passa balaio trançado de sonhos e conta uma história...  (2ª Edição -2013).

Vanessa Aranha Morimoto é formada em Pedagogia, educadora brincante e contadora de histórias formada pela Cia da Tia Carmelina de Toledo Piza desde 2004. Integrante do Grupo Alecrim – Cultura da Infância, que realiza apresentações em livrarias, bibliotecas, escolas e eventos culturais. Trabalhou na Educação Infantil durante oito anos. Publicou o livro Menino urso (2016) pela Editora Adonis, onde é a contadora de histórias no projeto Como nasce um livro?.

Serviço: Pé de Letra
Dia 15 de agosto, às 20h, no Villa Scamboo
Av. Paulista, 75 – Americana/SP

Nenhum comentário:

Postar um comentário